Células-tronco ajudam regeneração do cérebro

Cientistas americanos podem ter descoberto uma maneira de estimular células-tronco do cérebro e, com isso, atenuar as seqüelas de acidentes vasculares (derrames). Em experimentos com camundongos, eles mostraram que o receptor celular Notch é essencial para a ativação de células-tronco endógenas (do próprio organismo), o que poderia ser uma alternativa ao cultivo e transplante de células in vitro. Em animais vítimas de derrame, a ativação do receptor melhorou a recuperação do tecido cerebral e reduziu a perda de capacidade motora, segundo dados publicados na revista Nature.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.