CFM publica normas para desligar aparelhos de doentes terminais

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou ontem no Diário Oficial da União resolução que autoriza médicos a limitar ou suspender tratamentos que prolonguem a vida do doente em fase terminal de enfermidades graves e incuráveis. O texto assegura que o doente continuará a receber todos os cuidados necessários para aliviar os sintomas. O Ministério Público do Distrito Federal fixou ontem prazo até sexta-feira para que o CFM revogue a resolução.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.