CFM quer veto a remédio de farmacêutico

O Conselho Federal de Medicina vai questionar na Justiça a resolução do Conselho Federal de Farmácia (CFF), publicada nessa quarta-feira, 25, no Diário Oficial, que autoriza farmacêuticos a prescrever medicamentos. Para o CFM, "doenças consideradas pela resolução como um 'transtorno menor' ou 'nos limites da atenção básica à saúde' devem ser acompanhadas por um médico, que tem a competência legal e profissional para fazer o diagnóstico de doenças e a consequente prescrição dos medicamentos". O Conselho destaca que "aparentemente simples, uma dor de cabeça pode ser o sintoma de um problema mais grave".

O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2013 | 02h12

Tudo o que sabemos sobre:
SaúdeCFMfarmacêuticoreceita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.