ALEX SILVA/ESTADÃO
ALEX SILVA/ESTADÃO

Chalita já prestou todos os esclarecimentos, diz Alckmin

Governador de São Paulo defendeu o ex-secretário da Educação, acusado de corrupção: 'ele é uma pessoa séria'

Luiz Alexandre Souza Ventura, Especial para O Estado

18 Dezembro 2015 | 15h30

SANTOS - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), defendeu nesta sexta-feira, 18, seu ex-secretário de Educação, Gabriel Chalita, acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de cobrar propina de empresas fornecedoras em contratos superfaturados entre 2002 e 2005, período no qual comandou a pasta estadual. Os promotores apresentam como prova mais contundente, obtida durante as investigações, a reforma de uma cobertura adquirida por Chalita, em 2005, no bairro de Higienópolis, no centro de São Paulo, que teria sido paga por empresas contratadas pela secretaria.

"O Chalita é uma pessoa séria e eu tenho certeza de que ele vai prestar todos os esclarecimentos. Aliás, já houve esse esclarecimento e ele, certamente, vai fazer isso novamente", disse Alckmin durante visita a Santos, no litoral sul de São Paulo. Atualmente, Gabriel Chalita é secretário municipal de Educação da cidade de São Paulo.

Operação Verão. Alckmin esteve na Baixada Santista para lançar oficialmente as operações Verão 2015/2016 e Verão Estradas, entregar à Polícia Militar um helicóptero, anunciar a construção de uma terceira faixa da Rodovia Padre Manuel da Nóbrega (SP-055) - que liga o Sistema Anchieta-Imigrantes ao litoral sul paulista - e inaugurar, em Santos, a sede do Comando do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia - Baixada Santista.

A Operação Verão 2015/2016 foi antecipada em uma semana. No total, 2.883 policiais militares vão atuar em 16 municípios do litoral paulista (norte e sul) até 15 de fevereiro de 2016, além de 55 agentes da Polícia Civil.

"A estrutura de policiamento está reforçada, com mais viaturas, inclusive veículos descaracterizados. Os três caminhões especiais usados na Copa do Mundo, que funcionam como bases, com equipamentos de alta tecnologia em comunicação e imagens, também estarão no litoral. A partir do dia 22 dezembro teremos a integração permanente do Detecta (sistema de monitoramento criminal) com os municípios da Baixada Santista, litoral sul e norte, subindo pela Rodovia Mogi-Bertioga, chegando ao Vale do Paraíba, passando pela Região de Taubaté, São José dos Campos e do Alto Tietê, até Campos do Jordão", anunciou o secretário Alexandre de Moraes.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.