Divulgação
Divulgação

SE tem 49 bebês com microcefalia, diz diretor de hospital

Dado leva em conta casos desde setembro deste ano; há registros em Estância, Lagarto, Itabaiana e São Miguel do Aleixo

Antônio Carlos Garcia, Especial para O Estado

12 Novembro 2015 | 18h08

ARACAJU - O superintendente da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju, Luiz Eduardo Prado Correia, disse nesta quinta-feira, 12, que já chegam a 49 o número de crianças, em todo Estado do Sergipe, que nasceram com microcefalia desde o mês de setembro deste ano. Dessas, 29 somente na maternidade que ele dirige. Há casos nos municípios de Estância, Lagarto, Itabaiana e São Miguel do Aleixo. 

O número de casos tem sido bastante alto, assegura o superintendente da maternidade, porque a média anterior era de apenas um ou dois casos mensais. No entanto, em setembro foram 10 casos, assim como em outubro. Nesses primeiros 11 dias de novembro, já foram registrados nove casos somente na maternidade que faz partos de alta complexidade.

Em São Miguel do Aleixo, a secretária municipal de Saúde, Marília Garcia Lima, confirmou a existência de um caso e disse que a criança, do sexo masculino, tem um mês e uma semana de nascida. "A mãe estava com chikungunya e não tinha feito a ultrassonografia morfológica aos cinco meses de gestação", disse Marília.

A mãe e a criança tiveram alta e estão sendo acompanhadas pelos agentes de saúde. "Como a cabeça da criança é muito pequena, a mãe estava com dificuldade na amamentação e lhe foi dada a orientação", explicou. O caso foi comunicado à Secretaria de Estado da Saúde e o município vai tomar providências para que a criança seja acompanhada por um neuropediatra em Aracaju. A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Aleixo está acompanhando 32 gestantes.

Nesta sexta-feira, às 9h30, será realizada uma entrevista na Secretaria de Estado da Saúde (SES), para abordar a situação em Sergipe.

Mais conteúdo sobre:
ARACAJULagartoSaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.