China atesta segurança de nova vacina contra gripe aviária

Testes iniciais apontam que a vacina desenvolvida pela China contra o tipo H5N1 da gripe aviária é "segura e efetiva" em seres humanos. A informação foi divulgada hoje pela agência oficial de notícias do país. Pesquisadores começaram a trabalhar na vacina no ano passado e, desde então, vêm fazendo vários testes. De acordo com autoridades chinesas, se aprovada, a droga deve ser aplicada em grupos de alto risco, como criadores de aves. A China já registrou 14 mortes provocadas pelo vírus e dezenas de focos em seus criadouros. O Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos também conduz pesquisas para desenvolver uma vacina contra o H5N1 em humanos. Especialistas temem que o vírus adquira uma nova forma que se espalhe mais facilmente entre os humanos, o que poderia causar uma pandemia global.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.