China registra aumento do número de mortos pela gripe A

Ministério da Saúde do país asiático informa que 74 pessoas morreram entre os dias 23 e 29 de novembro

Efe,

03 Dezembro 2009 | 11h14

O Ministério da Saúde da China informou nesta quinta-feira, 3, que o número de mortos pela gripe A nas últimas semanas aumentou, segundo a agência oficial "Xinhua". De acordo com o governo chinês, 74 pessoas morreram entre os dias 23 e 29 de novembro, enquanto 28 e 51 pessoas faleceram nas semanas prévias.

 

Veja também:

linkAumenta número de casos de gripe A resistentes a Tamiflu

linkEUA reavaliarão políticas após falta de vacinas contra gripe A

linkBrasil vai vacinar idosos, grávidas e crianças

 

O ministério recomendou aos cidadãos que evitem o frio, lavem as mãos com frequência e mantenham os ambientes ventilados.

 

Das quase 27 milhões de pessoas vacinadas contra o vírus da gripe A, o governo chinês informou que 2.867 apresentaram reações adversas e quatro pessoas morreram. Três desses falecimentos não estão relacionados à vacina, "mas coincidiram com esta" enquanto a outra morte ainda está sendo investigada, afirmou Liang Wannian, subdiretor do escritório de emergências do Ministério da Saúde.

 

Até o dia 29 de novembro, o governo da China registrou 178 mortes causadas pela gripe A, e mais de 90 mil pessoas infectadas pelo vírus, das quais mais de 80% já se recuperaram.

Mais conteúdo sobre:
China gripe A

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.