Cidade de SP começa a vacinar crianças de 5 a 11 anos sem comorbidades no sábado

Liberação da Coronavac pela Anvisa torna possível ampliar público; capital recebeu 801 mil doses

Júlia Marques - O Estado de S.Paulo

A Prefeitura de São Paulo informou que dará início no sábado, 22, à vacinação contra a covid-19 de crianças de 5 a 11 anos de idade sem comorbidades. A ampliação do público foi possível por causa da liberação para uso da Coronavac. O imunizante produzido pelo Butantan poderá ser aplicado em crianças acima de 6 anos. Já as crianças com 5 anos de idade deverão receber a vacina da Pfizer. 

A vacina produzida pelo Instituto Butantan foi aprovada nesta quinta-feira, 20, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A capital recebeu 801 mil doses do imunizante. Na sexta-feira, 21, as vacinas serão encaminhadas aos postos de armazenamento e distribuição e, em seguida, serão entregues a todas as regiões e unidades para que a imunização seja iniciada no dia seguinte.

Coronavac foi aprovada para crianças de 6 a 17 anos; SP já começou a vacinar Foto: REUTERS/Carla Carniel

Segundo a Prefeitura, o público estimado nesta faixa etária é de 919.553 crianças.

Continua após a publicidade

A vacinação para crianças no sábado estará disponível em 205 postos de vacinação, incluindo 125 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) abertas exclusivamente o público infantil. A partir de segunda-feira, 24, a vacinação infantil estará disponível em todas as 469 UBSs da capital. A lista com os postos que abrirão no sábado está disponível aqui.  

Segundo o secretário de Saúde, Edson Aparecido, a liberação da Coronavac pela Anvisa torna possível ampliar a vacinação a todo o público infantil. Nesta semana, teve início em São Paulo a imunização de crianças com comorbidades e deficiência com a vacina da Pfizer - a única que estava aprovada até então para população pediátrica. 

Crianças de 5 anos de idade e imunossuprimidos continuarão sendo vacinados exclusivamente com a vacina Pfizer porque a aprovação da Anvisa nesta quinta-feira libera a Coronavac apenas para crianças maiores de 6 anos de idade e que não sejam imunocomprometidas. 

Para tomar a vacina, as crianças devem estar acompanhadas por um responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e carteirinha de vacinação. 

Veja como ficou o calendário de vacinação na cidade de São Paulo

Quem pode se vacinar no sábado, 22?

Todas as crianças de 5 a 11 anos de idade, com ou sem comorbidades, podem ser vacinadas neste sábado, 22, na capital paulista. 

Qual vacina será dada?

Há duas opções de vacinas liberadas para as crianças: a da Pfizer e a Coronavac. Crianças de 5 anos e aquelas imunocomprometidas (como as que fazem tratamento para câncer) só poderão receber a vacina da Pfizer. 

Quais postos estarão vacinando crianças no sábado?

A lista de postos que terão vacinação para crianças neste sábado, 22, está disponível aqui.  

O que é preciso levar para a vacinação?

A criança deve estar acompanhada por um responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e carteirinha de vacinação. 

As vacinas para crianças são seguras?

Sim. As vacinas para crianças são seguras. Elas foram amplamente testadas e aprovadas por órgãos reguladores após uma série de estudos. Vários países em todo o mundo já estão vacinando crianças. As reações mais comuns são leves, como dor no local da aplicação. 

As vacinas para crianças são eficazes?

Sim. As vacinas para crianças previnem adoecimento e hospitalizações. No Chile, a Coronavac teve efetividade de 90% para evitar internação e de 100% para prevenir admissão em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) entre as crianças imunizadas.  

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Cidade de SP começa a vacinar crianças de 5 a 11 anos sem comorbidades no sábado

Liberação da Coronavac pela Anvisa torna possível ampliar público; capital recebeu 801 mil doses

Júlia Marques - O Estado de S.Paulo

A Prefeitura de São Paulo informou que dará início no sábado, 22, à vacinação contra a covid-19 de crianças de 5 a 11 anos de idade sem comorbidades. A ampliação do público foi possível por causa da liberação para uso da Coronavac. O imunizante produzido pelo Butantan poderá ser aplicado em crianças acima de 6 anos. Já as crianças com 5 anos de idade deverão receber a vacina da Pfizer. 

A vacina produzida pelo Instituto Butantan foi aprovada nesta quinta-feira, 20, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A capital recebeu 801 mil doses do imunizante. Na sexta-feira, 21, as vacinas serão encaminhadas aos postos de armazenamento e distribuição e, em seguida, serão entregues a todas as regiões e unidades para que a imunização seja iniciada no dia seguinte.

Coronavac foi aprovada para crianças de 6 a 17 anos; SP já começou a vacinar Foto: REUTERS/Carla Carniel

Segundo a Prefeitura, o público estimado nesta faixa etária é de 919.553 crianças.

Continua após a publicidade

A vacinação para crianças no sábado estará disponível em 205 postos de vacinação, incluindo 125 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) abertas exclusivamente o público infantil. A partir de segunda-feira, 24, a vacinação infantil estará disponível em todas as 469 UBSs da capital. A lista com os postos que abrirão no sábado está disponível aqui.  

Segundo o secretário de Saúde, Edson Aparecido, a liberação da Coronavac pela Anvisa torna possível ampliar a vacinação a todo o público infantil. Nesta semana, teve início em São Paulo a imunização de crianças com comorbidades e deficiência com a vacina da Pfizer - a única que estava aprovada até então para população pediátrica. 

Crianças de 5 anos de idade e imunossuprimidos continuarão sendo vacinados exclusivamente com a vacina Pfizer porque a aprovação da Anvisa nesta quinta-feira libera a Coronavac apenas para crianças maiores de 6 anos de idade e que não sejam imunocomprometidas. 

Para tomar a vacina, as crianças devem estar acompanhadas por um responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e carteirinha de vacinação. 

Veja como ficou o calendário de vacinação na cidade de São Paulo

Quem pode se vacinar no sábado, 22?

Todas as crianças de 5 a 11 anos de idade, com ou sem comorbidades, podem ser vacinadas neste sábado, 22, na capital paulista. 

Qual vacina será dada?

Há duas opções de vacinas liberadas para as crianças: a da Pfizer e a Coronavac. Crianças de 5 anos e aquelas imunocomprometidas (como as que fazem tratamento para câncer) só poderão receber a vacina da Pfizer. 

Quais postos estarão vacinando crianças no sábado?

A lista de postos que terão vacinação para crianças neste sábado, 22, está disponível aqui.  

O que é preciso levar para a vacinação?

A criança deve estar acompanhada por um responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e carteirinha de vacinação. 

As vacinas para crianças são seguras?

Sim. As vacinas para crianças são seguras. Elas foram amplamente testadas e aprovadas por órgãos reguladores após uma série de estudos. Vários países em todo o mundo já estão vacinando crianças. As reações mais comuns são leves, como dor no local da aplicação. 

As vacinas para crianças são eficazes?

Sim. As vacinas para crianças previnem adoecimento e hospitalizações. No Chile, a Coronavac teve efetividade de 90% para evitar internação e de 100% para prevenir admissão em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) entre as crianças imunizadas.  

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.