Prefeitura de Nova Odessa/Divulgação
Prefeitura de Nova Odessa/Divulgação

Cidade do interior corta verba do carnaval para combater a dengue

Prefeito de Nova Odessa destinará quantia de R$ 80 mil em campanhas contra doença e nega que a medida seja eleitoreira

Guilherme Mazieiro, Especial para o Estado

15 Janeiro 2016 | 13h19

CAMPINAS - Em ano eleitoral, o prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza (PSDB), cancelou a realização do carnaval deste ano na cidade do interior de São Paulo para usar a verba no combate à dengue. A quantia de R$ 80 mil que seria utilizada nas festas será destinada às campanhas de conscientização e prevenção da doença, operações cata-treco, fumacê e contratação de temporários para ajudar nas medidas.

Em 2015, Nova Odessa registrou 3.205 notificações da doença de acordo com dados do Centro de Vigilância epidemiológica do Estado de São Paulo (CVE). 

O prefeito afirmou que ainda não tem um planejamento estrutural das campanhas. 

"Ainda estamos fazendo o planejamento das ações,  mas a prioridade é evitar novos casos e intensificar a campanha nas regiões que tiveram mais registros", afirmou Bill.

O chefe do Executivo descarta o cancelamento do carnaval como uma medida eleitoreira para as campanhas de 2016.

"Seria muito mais eleitoreiro eu fizesse as marchinhas nos clubes da cidade. Eu teria o corpo a corpo, usaria o microfone, e os jovens iriam gostar da decisão de fazer festa", considerou ele.

Mais conteúdo sobre:
CAMPINAS PSDB São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.