HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO
HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

Cidade do interior de SP registra 1ª morte por febre maculosa

Doença é transmitida pelo carrapato-estrela; além do caso em Amparo, já foram 27 óbitos no Estado no ano

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

19 Setembro 2018 | 05h58

SOROCABA - A Secretaria Municipal da Saúde de Amparo, no interior de São Paulo, confirmou, nesta terça-feira, 18, a primeira morte causada pela febre maculosa neste ano na cidade. A vítima foi um homem de 35 anos, morador do bairro Santa Maria. A doença é transmitida pelo carrapato-estrela, que se hospeda na pele das capivaras.

De acordo com familiares, o homem teria frequentado pesqueiros da região, considerados áreas de risco.

Mortes

A região de Campinas, onde fica o município de Amparo, já registrou 23 mortes por febre maculosa neste ano. Somente em Americana foram registrados nove óbitos confirmados. Há mortes suspeitas ainda em investigação. Em Limeira, uma pessoa morreu e há 15 casos em investigação. Jundiaí teve 18 casos notificados e uma morte confirmada.

Em todo o Estado, foram registradas 28 mortes pela doença, conforme números repassados pelos municípios ao Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.