Cidade mineira vai promover vacinação para tentar conter surto de meningite C

Campanha em Ouro Branco será em massa e deve ocorrer até 4 de novembro

Marcelo Portela,

20 de outubro de 2011 | 17h01

BELO HORIZONTE - As secretarias de Estado e Municipal de Saúde do município de Ouro Branco vão promover uma vacinação em massa para tentar conter o surto de meningite tipo C que atingiu a cidade localizada na região central de Minas Gerais.

A princípio, devem ser distribuídas cerca de 22 mil doses de medicamento para pessoas entre 4 e 30 anos, consideradas com maior fator de risco.

 

Nesta última sexta-feira, 14, um operário terceirizado que trabalhava em uma obra da Gerdau Açominas morreu vítima da doença e 18 operários foram internados, sendo que um deles já teve o diagnóstico positivo para meningite tipo C, o mais perigoso.

Em Congonhas, cidade vizinha a Ouro Branco, duas pessoas também foram diagnosticadas com a doença. Uma delas, uma jovem de 19 anos, está em estado grave no Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte. A suspeita é de que a jovem possa ter contraído a doença durante uma festa em Ouro Branco. Além dela, uma criança de 7 moradora de Congonhas também foi internada com sintomas de meningite C.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) considera as internações casos isolados. Segundo o órgão, a vacinação em massa - chamada pela secretaria de "bloqueio vacinal" - será realizada até 4 de novembro.

Além dos moradores, também devem receber doses do medicamento operários que vivem em alojamentos e estudantes do campus da Universidade Federal de São João Del Rey no município.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.