Cientista do Equador clona vírus H1N1 para produzir vacinas

O cientista equatoriano Washington Cárdenas anunciou que conseguiu clonar o genoma do vírus H1N1, que poderia facilitar a produção nacional de vacinas contra a gripe A, informou nesta terça-feira, 15, o canal TC-Televisão.

Efe,

15 Dezembro 2009 | 02h38

 

Cárdenas, catedrático da Escola Politécnica do Litoral, com sede na cidade de Guayaquil, estudou por vários meses o vírus da doença, que até novembro passado tinha causado a morte de 82 pessoas no país.

 

Os estudos do investigador, segundo a TC-Televisão, permitiriam determinar as bases moleculares do vírus H1N1 e o desenvolvimento de vacinas contra o vírus.Além disso, o cientista assinalou que seus estudos poderiam apoiar investigações para encontrar vacinas contra outras doenças causadas por vírus.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína H1N1

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.