Divulgação/Jaxa
Divulgação/Jaxa

Cientistas acham partículas em cápsula japonesa que viajou a asteroide

A Hayabusa visitou o asteroide Itokawa e voltou à Terra depois de sete anos no espaço

EFE

05 Julho 2010 | 14h28

A Agência de Prospecção Aeroespacial do Japão (Jaxa) achou "partículas diminutas" no interior da cápsula Hayabusa, que retornou à Terra em junho após uma viagem de sete anos com a missão de recolher amostras de um asteroide.

 

Sonda espacial retorna à Terra após visitar asteroide

 

Segundo informou hoje a televisão NHK, as análises microscópicas do interior da cápsula revelaram a presença de partículas de até um milímetro, embora ainda se desconheça se pertencem ao asteroide ou se é matéria terrestre que contaminou a sonda.

 

A Jaxa deve agora começar as análises sobre as partículas para comprovar se alguma pertence ao asteroide Itokawa, sobre o qual a cápsula pousou em 2005, embora os resultados só devam ser conhecidos em agosto, informa a NHK.

 

Se for confirmado que procedem do Itokawa, as partículas seriam as primeiras amostras de um asteroide recolhidas no espaço exterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.