Cientistas associam nicotina a coceiras e irritações

Descoberta deve ajudar a desenvolver métodos mais eficazes para ajudar as pessoas a parar de fumar

Reuters,

15 Setembro 2009 | 17h33

Cientistas acreditam ter descoberto porque as pessoas que estão tentando parar muitas vezes notam que suas coceiras param.

 

Pesquisadores belgas estudando o efeito da nicotina em ratos descobriram que ela ativa um caminho molecular em membranas da pele, nariz e boca conhecidas como partes importantes em inflamações.

 

Isso pode explicar porque adesivos de nicotina e outros substitutos para a substância podem causar coceiras, disseram em um estudo publicado na revista Nature, e pode ajudar a desenvolver tratamentos para ajudar as pessoas a parar de fumar com menos efeitos colaterais.

 

Até agora, cientistas pensavam que a irritação dos adesivos de nicotina e de outros tratamentos com a substância vinham da estimulação dos nervos receptores que transmitem estímulos dolorosos da pele e da boca.

Mais conteúdo sobre:
saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.