Divulgação/Science
Divulgação/Science

Cientistas criam novo material capaz de resistir a altas temperaturas

Feito totalmente de carbono, ele pode fluir e esticar lentamente

REUTERS, REUTERS

02 Dezembro 2010 | 18h12

Pesquisadores do Japão inventaram um novo material que é capaz de suportar temperaturas extremas e que, esperam seus criadores, poderá ser usado nos motores de carros e naves espaciais.

 

Feito totalmente de carbono, ele pode  fluir e esticar lentamente, como mel grosso, e retorna à forma original, disse a cientista de materiais Xu Ming, do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Industrial Avançada do Japão.

 

"Ele parece uma esponja metálica porosa, é feito de trilhões de nanotubos", disse ela. "Quando você o estica e solta, ele retorna devagar (à forma original)".

Uma descrição da invenção aparece na edição desta semana da revista Science.

 

Os tubos de carbono, com 5 nanômetros de diâmetro, crescem numa mistura de silício, ferro e água, e são capazes de manter forma e função numa gama de temperaturas que vai de -196º C a 1.000º C, num ambiente sem oxigênio.

Mais conteúdo sobre:
nanotecnologia carbono science

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.