Cientistas descobrem novo receptor para o vírus HIV

Pesquisa, que durou cerca de dois anos, pode esclarecer dúvidas sobre a maneira que o vírus ataca o corpo

New York Times,

11 de fevereiro de 2008 | 09h29

Em uma pesquisa publicada neste domingo, 10, cientistas afirmam ter descoberto, no corpo humano, um novo receptor para o vírus HIV.   Logo após o vírus penetrar no corpo, este receptor o guia até o intestino, onde começa o ataque ao sistema imunológico. Segundo a equipe de pesquisadores liderada pelo Dr. Anthony S. Fauci, tal descoberta auxiliará os estudos que visam descobrir a cura da aids.   Há anos os cientistas sabem que o vírus HIV invade rapidamente os tecidos linfáticos, que são abundantes na região do intestino, local onde o vírus se reproduz.   Este caso se aplica a todas as pessoas soropositivas, independente se tenham contraído a doença por relações sexuais, transfusão de sangue, agulhas infectadas ou qualquer outra forma.   Embora não esteja envolvido com a pesquisa, Dr. Warner C. Greene, especialista em aids e diretor do Gladstone Institute of Virology and Immunology, afirmou que a descoberta representou "um importante avanço para o campo".   "Isso poderá explicar a razão de o vírus se multiplicar preferencialmente no intestino", declarou Dr. Greene.   "A pesquisa demorou cerca de dois anos, e ainda há certas dúvidas se o que descobrimos é mesmo um novo receptor", disse o Dr. Fauci que acrescentou afirmando que "certamente temos que aprender mais sobre o assunto".   Dr. Fauci declarou que espera que essa pesquisa estimule outros cientistas a explorarem a maneira que o HIV ataca o corpo humano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.