Cofundador da Microsoft vai desenvolver nave espacial gigante

Nave em formato de avião gigante terá capacidade para realizar voos tripulados e de carga ao espaço

Efe,

13 de dezembro de 2011 | 18h51

 Paul Allen, um dos cofundadores da Microsoft, anunciou que vai desenvolver juntamente com o engenheiro e empresário Burt Rutan, uma nave em formato de avião gigante com capacidade para realizar voos tripulados e de carga ao espaço.

A nave terá dimensões similares às de um campo de futebol e os idealizadores esperam realizar o primeiro voo de testes em 2016.

Ambos são criadores da nave SpaceshipOne (SS1), primeiro avião espacial de uso privado e tripulado para chegar ao espaço.

"Sonhei durante muito tempo com dar o passo seguinte nos voos espaciais privados depois do sucesso do SpaceShipOne, para oferecer um sistema de voo espacial orbital flexível", diz Allen.

Para viabilizar o projeto, Allen fundou a Stratolaunch Systems, empresa com sede em Huntsville (Alabama), que será dirigida pelo ex-chefe de engenheiros da Nasa Gary Wentz.

A empresa vai construir um sistema de lançamento móvel com três componentes principais: um avião, um foguete e um sistema de integração construído pela empresa Dynetics, que permitirá carregar um foguete de 222 toneladas.

O plano de Allen é construir também um aeroporto similar ao Centro Espacial Kennedy (que fica no Cabo Canaveral), utilizado pela Nasa em seus lançamentos, para servir de ponto de partida para voos comerciais, envios de carga e, no futuro, missões humanas.

O avião transportará uma cápsula espacial com seus próprios foguetes, que permitirão o lançamento desde o ar para colocá-la em órbita, um sistema que deve economizar custos por não utilizar grandes quantidades de combustível - caso dos foguetes lançados desde a Terra.

O avião, que utilizará seis motores 747, terá um peso bruto de mais 500 toneladas e uma envergadura de mais de 100 metros. Para pouso e decolagem será preciso uma pista de 3,6 quilômetros. Allen diz que o projeto será uma "solução inovadora que revolucionará as viagens espaciais."

Tudo o que sabemos sobre:
Nasavoos espaciaisMicrosoftfoguete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.