Comandante do Discovery revela tristeza com a aposentadoria do ônibus espacial

Ônibus espacial está em sua 39ª e última missão no espaço

Estadão.com.br,

04 Março 2011 | 18h31

SÃO PAULO - A tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS) e do ônibus espacial Discovery responderam uma série de perguntas formuladas por jornalistas de alguns países nesta sexta, 4. A entrevista coletiva foi transmitida pela TV da Nasa.

Veja também:

link Nasa prorroga retorno do ônibus espacial Discovery

especial Saiba mais sobre a missão

blog Blog: Música para acordar astronautas

blog Acompanhe a missão pelo twitter da astronauta Nicole Stott

blog Acompanhe a missão pelo twitter da Nasa

Em vários momentos, os tripulantes disseram o quanto estão orgulhosos por fazerem parte do programa espacial. O comandante do Discovery, Steve Lindsey, disse ainda que também fica triste com a aposentadoria do ônibus espacial, que classificou como maravilhoso. "Pensar em todas as coisas que este veículo fez é inspirador para mim", disse. Esta foi a 39ª missão da Discovery, que irá retornar à Terra na próxima semana.

Entre as perguntas, curiosidades sobre o que eles fazem com o lixo da ISS e se eles irão libertar o robô humanoide Robonault, que virou motivo de brincadeira durante a conversa da equipe com o presidente norte-americano Barack Obama nesta quinta-feira porque foi revelado que ele ainda não tinha sido desempacotado. "Nós queremos aprender algumas lições aqui dentro antes de os mandarmos lá para fora ou para outros planetas", disse Cady Coleman, membro da Expedição 26 referindo-se ao uso de robôs em missões espaciais. "Estou ansiosa para trabalhar com ele", garantiu.

Mais conteúdo sobre:
Nasa Discovery ISS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.