Scott Audette/Reuters
Scott Audette/Reuters

Começa contagem regressiva para última missão da era dos ônibus espaciais

Lançamento do Atlantis está marcada para esta sexta-feira, mas uma tempestade pode forçar adiamento

06 Julho 2011 | 11h52

Washington - A Nasa, agência espacial americana, iniciou nesta terça-feira a contagem regressiva para o lançamento do Atlantis no dia 8 de julho, com o temor de que uma tempestade que avança rumo à Flórida possa forçar o adiamento da última missão da era dos ônibus espaciais.

Veja também:

especial Acompanhe a contagem regressiva na página da Nasa

video Assista animação sobre a última missão do Atlantis no site da Nasa

Ainda não há nada decidido, mas os meteorologistas da Nasa observam sua evolução, afirmou em entrevista coletiva a porta-voz do serviço meteorológico da Nasa, Kathy Winters, já que a previsão indica um aumento do céu encoberto e 60% de chuva e tempestade na área do lançamento na sexta-feira.

Está previsto que o Atlantis parta rumo à Estação Espacial Internacional (ISS) no dia 8 de julho às 11h26 locais (12h26 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy, em Cabo Canaveral (Flórida, EUA), com quatro tripulantes em uma missão de 12 dias.

A nave levará o módulo multipropósito Raffaello com cinco toneladas de mantimentos e equipamentos científicos para abastecer a ISS, que orbita a cerca de 385 quilômetros da Terra, antes de concluir a era dos ônibus espaciais.

Além disso, o Atlantis transportará o experimento Robotic Refueling Mission (RRM), elaborado para demonstrar e testar ferramentas, tecnologias e técnicas necessárias para reabastecer mecanicamente os satélites no espaço.

O diretor de testes da Nasa, Jeremy Graeber, disse na entrevista coletiva antes do início da contagem regressiva que o Atlantis está preparado e o responsável de carga da missão STS-135, Joe Delai, ressaltou que o material também o está.

Se o lançamento tiver de ser adiado, a Nasa tem uma margem de dois dias para a decolagem do Atlantis. Caso contrário, teria de ser adiada para 16 de agosto por problemas de calendário, explicou Graeber.

Mais conteúdo sobre:
Atlantis Nasa ônibus espacial espaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.