Começa no Brasil alerta contra gripe aviária

Passageiros que embarcaram ontem em vôos internacionais no aeroporto Tom Jobim receberam folhetos informativos sobre a gripe aviária. Entre as recomendações, consta não ficar em locais fechados com grande concentração de pessoas e não ingerir aves e ovos mal-cozidos. Os países afetados são Camboja, China, Coréia, Croácia, Hong Kong, Indonésia, Iraque, Japão, Casaquistão, Laos, Malásia, Mongólia, Romênia, Rússia, Tailândia, Turquia, Vietnã e Ucrânia. Um grupo de turcos que ia para Paris se revoltou ao ver o nome de seu país no papel e o rasgou. A segunda fase da campanha começa em 90 dias, com o cadastramento de passageiros que chegam do exterior. Ontem a Organização Mundial da Saúde atualizou os números e anunciou que o vírus H5N1 já infectou 160 pessoas, das quais 85 morreram. Uma equipe da OMS irá ao norte do Iraque investigar possíveis casos de gripe aviária. O laboratório Roche obteve aprovação da União Européia para que o Tamiflu, considerado eficaz contra a doença, seja utilizado em crianças de 1 a 12 anos de idade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.