Cometa pode ser visível da Terra se sobreviver ao calor do sol

Um cometa que deixou os limites do sistema solar há mais de 5,5 milhões de anos vai passar perto do sol na quinta-feira, tornando-se visível no céu da Terra nas próximas semanas se sobreviver.

Reuters

27 Novembro 2013 | 16h34

"Há três possibilidades quando o cometa passar em volta do sol", disse Donald Yeomans, gerente da Nasa, a agência espacial norte-americana, em entrevista ao site do órgão.

"Ele pode ser resistente o suficiente para sobreviver à passagem pelo sol e consistir num objeto brilhante e visível a olho nu", afirmou.

A segunda possibilidade é a gravidade do sol romper o cometa.

"Contanto que haja pedaços, poderemos ver alguma coisa", declarou Carey Lisse, cientista do Laboratório de Física Aplicada Johns Hopkins, em teleconferência na terça-feira.

A terceira opção é o cometa ser muito fraco e virar poeira. "É difícil prever exatamente o que vai acontecer", afirmou Lisse. "Como um apostador, eu acho que ele não vai sobreviver", acrescentou.

(Reportagem de Irene Klotz)

Mais conteúdo sobre:
CIENCIA COMETA SOL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.