Comissão Europeia autoriza terceira vacina contra gripe A

Celvapan, dos laboratórios americanos Baxter poderá ser comercializada em todos os países da União Europeia

Efe,

07 de outubro de 2009 | 16h19

A Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) autorizou o uso de uma terceira vacina contra a nova gripe, a Celvapan, dos laboratórios americanos Baxter, após a avaliação positiva da Agência Europeia de Remédios (Emea, em inglês), informou nesta quarta-feira, 7, o Executivo comunitário.

 

Veja também:

especial ESPECIAL: Entenda a gripe suína

especial ESPECIAL: Perguntas e respostas sobre a gripe

 

A Celvapan poderá ser comercializada em todos os países da União Europeia e da Área Econômica Europeia junto com a Pandemrix, da farmacêutica britânica GlaxoSmithKline, e a Focetria, dos laboratórios suíços Novartis.

 

A Emea emitiu sua recomendação na sexta-feira passada, depois da avaliação positiva do Comitê de Produtos Médicos para Uso Humano (CHMP, em inglês).

 

O Comitê recomendou duas doses da vacina, com intervalos de três semanas.

 

No entanto, a estratégia de vacinação deverá ser decidida pelo Governo de cada país da UE.

 

Como todos os remédios, as reações adversas poderão ser detectadas após a vacina ser utilizada amplamente entre a população, por isso a Baxter deve acompanhar a segurança da Celvapan quando for utilizada em toda a UE, para tomar medidas o mais rápido possível se surgir algum problema.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.