Victor Moriyama/The New York Times
Victor Moriyama/The New York Times

Como organizar a rotina em casa durante a pandemia de coronavírus

CONTEÚDO ABERTO PARA NÃO-ASSINANTES: Quarentena mudou atividades que faziam parte do dia a dia

Paula Felix, O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2020 | 05h00

Com a quarentena, atividades que faziam parte do dia a dia, como a ida a academia e ao local de trabalho, precisaram ser alteradas. O Estado levantou dúvidas sobre questões que impactam no dia a dia das pessoas e mantém o grupo EstadãoInforma: Coronavírus, espaço para discussão e troca de informações sobre a pandemia criado pelo jornal no Facebook. As respostas têm como base entrevistas com Ana Flávia Parenti, coordenadora do curso de Psicologia da Universidade Cidade de São Paulo (Unicid); Rosana Perim, gerente de nutrição do HCor; Ricardo Sudário, head de unidade de negócios da plataforma de ensino online Stoodi, e também reportagens do Estado.

Como desenvolver uma rotina no dia a dia?

Em primeiro lugar, é importante ter em mente o que se espera alcançar: como deve ser minha rotina? O que pretendo fazer? Em quanto tempo? Após esse levantamento, a melhor forma de se organizar é colocar no papel – com o horário de cada atividade e quanto tempo será gasto. Importante programar paradas estratégicas para alimentação, movimentar o corpo, falar com os familiares, acessar redes sociais, mas de modo que não se tornem uma distração.

Quanto tempo o cérebro demora a se acostumar?

Isso varia de pessoa para pessoa, mas, normalmente, é bastante rápido. Em menos de uma semana, nosso cérebro já está adaptado às mudanças. Diante disso, é muito importante darmos ao nosso cérebro descanso. Uma boa noite de sono é primordial para que ele descanse e absorva as informações do dia.

Como manter a rotina durante o isolamento?

O primeiro passo é não alterar os horários de dormir, acordar e fazer as refeições. As demais atividades devem ser feitas sempre no mesmo horário e podem ser organizadas em um cronograma. Uma agenda ou aplicativos podem ser usados para ajudar nesse processo. No início do seu dia, faça uma lista com as tarefas e enumere as prioridades. Se começar algo, termine. 

Como continuar concentrado diante de tantas distrações possíveis?

Ao fazer uma atividade, tente se manter afastado da televisão e do celular. Faça pausas a cada uma hora e não deixe de separar um tempo para descansar. 

Preciso continuar dormindo e acordando no mesmo horário? E as refeições?

Sim. Além de ajudar a manter a rotina, esses hábitos contribuem para que o organismo se mantenha saudável e para fortalecer o sistema imunológico. Para o sono, é recomendável dormir entre sete e nove horas por noite. A alimentação deve incluir frutas, verduras, legumes e proteínas (animais ou vegetais).

Não consigo organizar a minha rotina. O que devo fazer?

O importante é entender que o isolamento está sendo realizado para preservar vidas e este momento vai passar. Tente reconhecer seus sentimentos e criar formas criativas para dar vazão a eles. Este pode ser um momento para ler, ver uma série, descobrir um hobby, fazer cursos ou aprender habilidades. Há várias ferramentas para isso e você pode experimentá-las. Se não gostar, pode partir para outras. Você também não vai precisar fazer tudo durante o período de isolamento e pode selecionar atividades que serão feitas a longo prazo.

Como evitar a frustração por não conseguir eleger prioridades durante a quarentena?

Tente alinhar expectativas com o que é possível fazer e tenha paciência. É preciso tempo para construir uma rotina. Também é importante reconhecer que, embora tenha um impacto na nossa vida pessoal, cada um está tentando contribuir de alguma forma para reduzir as consequências negativas da pandemia e o isolamento faz parte disso. Caso esteja muito difícil lidar com esses sentimentos, procure ajuda de um profissional, tendo em vista que é possível ter atendimento com psicólogos online.

Gostaria de estudar em casa. Como manter uma rotina de estudos?

É importante, primeiramente, ter um local adequado para essa atividade: mesa, cadeira, computador ou tablet. Nada de ficar na cama ou no sofá. A postura ajuda o corpo a entender que você está em uma situação formal. Depois, deve-se manter a rotina de estudos com um horário específico para suas aulas. Caso suas aulas presenciais sejam no período da manhã, tente manter a rotina de assistir às aulas, mesmo que por videochamada ou gravadas, no mesmo horário. Nosso organismo precisa de rotina. Começar a fazer as atividades em horários diferentes confunde o cérebro e dificulta a concentração.

Como manter o foco para compreender o conteúdo e fazer os exercícios propostos? Quais objetos podem ajudar nesse processo?

Evite ficar próximo de fontes de distração. Reserve um horário no dia para assistir TV, acessar a internet, olhar redes sociais. Essas distrações, principalmente o celular, consomem tempo e, muitas vezes, fazem perder o foco, pois nosso cérebro demora para se readaptar à atividade que estávamos fazendo antes da distração. Use e abuse de canetas coloridas e post-it para sinalizar pontos importantes. Faça resumos, grave você falando sobre o conteúdo e ouça depois. Isso ajuda bastante.

A quarentena pode ser um momento para fazer cursos que a pessoa já estava interessada, mas não tinha tempo? Por quê?

Aproveite esse momento de isolamento social para realizar atividades que normalmente você não teria tempo para realizar, até porque inúmeras instituições de ensino estão com conteúdos liberados nesse período. Mas não adianta sair fazendo estudos aleatórios. Busque conteúdos que realmente sejam de seu interesse, aproveite o momento para colocar a leitura em dia. Aqueles textos, artigos e capítulos atrasados das aulas da faculdade podem ser lidos com calma, sem o estresse do dia a dia, com o tempo a seu favor.

Como escolher um curso online diante de tantas opções disponíveis?

Importante é manter a calma e se organizar. Caso tenha dificuldades em organizar seu tempo e escolha, peça auxílio para um colega para que vocês estudem juntos uma determinada temática – e respeite os seus interesses e gostos.

Como realizar as pausas e priorizar os conteúdos que serão estudados?

Importante se exercitar. A cada uma hora, se levante, ande, movimente seu corpo e não esqueça de beber água. Ajuda na concentração.

As ferramentas virtuais podem ajudar a estabelecer uma rotina? Também podem ser usadas para estudos em grupo?

Sim, mas, se a pessoa não se adaptar com os aplicativos, pode usar uma agenda. Utilizando algum aplicativo de reunião online, por exemplo, um ajuda o outro e, junto, o grupo mantém a rotina e a frequência. Troque materiais, grave sua voz e mande para os amigos dizerem se entenderam. Deem aulas uns aos outros e usem a tecnologia ao próprio favor dessa forma. 

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Tudo o que sabemos sobre:
quarentenacoronavírustrabalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.