Vietnam Airlines/Reprodução
Vietnam Airlines/Reprodução

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Companhias aéreas suspendem voos para China

Vietnam Airlines, British Airways e Air Austral são algumas das empresas envolvidas

Redação, O Estado de s. Paulo

01 de fevereiro de 2020 | 07h23

HANOI - A Vietnam Airlines Corporation, a principal companhia aérea do país, irá suspender, efetivamente, seus voos para a China, Hong Kong e Taiwan a partir deste sábado (1º), devido ao surto de coronavírus. 

Na última sexta-feira (31), a companhia aérea afirmou que reduziria os vôos entre a cidade de Ho Chi Minh e Hong Kong para sete, de dez, por semana. "Considerando a disseminação do vírus e seguindo a ordem do governo, todos os voos para a China serão suspensos a partir de hoje", disse a empresa em seu último comunicado. O Vietnã afirmou ainda na última quinta-feira (30) que deixaria de emitir vistos para os turistas chineses.

O Irã também cancelou seus voos de ida e volta para a China, como medida preventiva contra a disseminação do coronavírus, de acordo com o porta-voz da Organização de Aviação Civil do Irã, Reza Yafarzadeh. Como apenas a companhia aérea Mahan tinha voos para a China, Asadi explicou que os 14 voos semanais realizados para as cidades de Pequim, Xangai, Guangzhou e Shenzhen, foram suspensos por ordem do governo.

Além delas, muitas outras companhias suspenderam voos para a China após o surto da doença que matou mais de 250 pessoas. Entre elas,  British Airways (Reino Unido), Lion Air (Indonésia), Ukraine International Airlines (Ucrânia), Skyup Airlines (Ucrânia), Air Austral (França) suspenderam todos os voos para a China, enquanto a United Airlines e a Air Canadá já manifestaram a intenção de reduzir o número de viagens. /REUTERS, EFE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.