Michaela Rehle/Reuters
Michaela Rehle/Reuters

Concessionária de luxo oferece vacina contra H1N1 a clientes

Funcionários de loja da BMW na zona sul de São Paulo disseram que serão feitas mil aplicações; unidade não vai cobrar imunização

Rafael Italiani, O Estado de S. Paulo

08 Abril 2016 | 03h00

SÃO PAULO - Uma concessionária da marca BMW resolveu vacinar seus clientes contra o vírus H1N1. A campanha será no sábado, 9, em uma unidade da zona sul de São Paulo. Por telefone, funcionários da loja disseram que serão feitas mil aplicações. “Na verdade, a gente queria dar a vacina em clientes. Mas nosso diretor falou que quem estiver na loja vai tomar também, não tem problema”, explicou uma funcionária. A unidade não vai cobrar pela imunização.

A loja orientou que os interessados cheguem ao local a partir das 6 horas para pegar a fila. “Quem o senhor quiser trazer, pode ficar à vontade”, disse outro funcionário à reportagem, que não se identificou. “Mas temos um estoque de mil vacinas. Aconselho a chegar mais cedo porque muitas pessoas vão vir.” 

A imunização começa às 9 horas e vai até as 18 horas. No entanto, vendedores disseram que as doses devem acabar antes do início da tarde. Uma clínica especializada foi contratada para fazer o serviço. 

Em nota, a assessoria de imprensa da marca afirmou que “não tem nenhuma relação com a idealização e veiculação do anúncio”. A BMW explicou que a concessionária tem “autonomia para veicular suas próprias campanhas de marketing e ações entre os clientes”. 

O Ministério da Saúde foi procurado e disse que não existe irregularidade na ação, desde que as vacinas estejam em dia com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), conservadas, dentro do prazo de validade e sejam aplicadas por profissionais da saúde. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.