Confirmados 22 casos de gripe na Coreia do Sul

Autoridades admitem que vírus pode ter se espalhado com contágio de professores

Efe,

25 Maio 2009 | 00h37

A Coreia do Sul registra 22 casos de gripe suína, após ser confirmado o vírus em pelo menos 15 membros de uma escola particular de inglês, informou nesta segunda-feira, 25, a agência local de notícias Yonhap.

 

O Ministério advertiu que é possível que o vírus tenha se espalhado mais na Coreia do Sul, já que os professores infectados tiveram contato com locais à saída do trabalho, segundo a Yonhap.

 

O último paciente confirmado pelas autoridades sul-coreanas é um professor americano de 24 anos que dá aulas de inglês neste centro, segundo o Ministério da Saúde e Bem-estar.

 

As autoridades sul-coreanas explicaram que o novo paciente estava há vários dias isolado como medida preventiva, porque seu companheiro de apartamento e trabalho já tinha sido diagnosticado com a nova gripe.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.