Consumo de álcool e sobrepeso aumentam risco de câncer

Pesquisadores revisaram 500 mil artigos para reafirmar relação entre excessos e a doença

Efe,

31 de outubro de 2007 | 11h54

O excesso de álcool e o sobrepeso aumentam o risco de desenvolver câncer, segundo um relatório da organização World Cancer Research Fund. Os pesquisadores não fizeram uma nova análise sobre este vínculo, mas revisaram cerca de 500 mil estudos publicados sobre este assunto no mundo todo, dos quais selecionaram os 7 mil mais relevantes para chegar a suas conclusões.   No texto, os especialistas advertem que há uma relação direta entre o alto consumo de álcool, o excesso de peso e a possibilidade de desenvolver a doença.   O professor de saúde pública e epidemiologia do University College de Londres, Michael Marmot, que liderou o estudo, disse que os especialistas ficaram surpresos com o forte vínculo entre o peso e o risco de desenvolver câncer.   Esta análise envia "uma mensagem muito clara" à população, afirmou Marmot à rede "BBC". "Primeiro, se for adulto, não ganhe peso. Segundo, se já tem excesso de peso, é possível que perder peso possa reduzir seu risco", explicou.   "Sabíamos sobre a relação entre o sobrepeso e as doenças cardiovasculares e o diabetes. Acredita-se que a idéia de que esteja vinculado ao câncer é relativamente nova", acrescentou.   "Com a obesidade e o sobrepeso, é muito claro, e é um fenômeno escalonado. Quanto maior o excesso de peso, maior é o risco de sofrer de câncer", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Câncerálcoolsobrepeso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.