Coreia do Sul confirma seis casos de gripe

As autoridades sanitárias averiguam outras 70 pessoas que, como a jovem sul-coreana, mantiveram contato com a mulher americana e que agora estão em quarentena

EFE

24 Maio 2009 | 06h44

A Coreia do Sul registrou seis casos de gripe suína após a confirmação do vírus em um novo paciente, uma sul-coreana de 26 anos residente no mesmo prédio de uma americana antes contagiada, informou a agência "Yonhap".

 

Os seis casos confirmados no país correspondem a quatro coreanos, três dos quais já se recuperaram da doença, um turista vietnamita e a paciente americana, uma professora que chegou à Coreia do Sul no dia 16 de maio para dar aulas de inglês.

 

As autoridades sanitárias averiguam outras 70 pessoas que, como a jovem sul-coreana, mantiveram contato com a mulher americana e que agora estão em quarentena após apresentar alguns sintomas da gripe.

 

Além disso, três crianças americanas de pais coreanos, que chegaram esta manhã a Seul em um voo procedente de Nova York, são casos suspeitos de gripe suína, por isso que foram também postos em quarentena para submetê-los a exames médicos.

 

Segundo o último relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), 43 países registraram casos de gripe suína, da qual se viram afetados 12,022 mil pessoas e que causou 86 mortes, a maioria delas no México.

 

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

Mais conteúdo sobre:
Gripe Suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.