Costa Rica confirma primeira morte por gripe suína

Esta é a primeira morte provocada pela doença fora do continente norte-americano

AE-AP, Agencia Estado

09 Maio 2009 | 14h48

Mãe de paciente de gripe suína é internada no RioA ministra da Saúde da Costa Rica, María Luisa Avila, confirmou neste sábado a primeira morte pela influenza A (H1N1) no país. Há na Costa Rica, até agora, oito casos confirmados da doença. O paciente que morreu é um homem, de 53 anos, e faleceu por complicações de uma enfermidade pulmonar que ele já possuía, segundo a ministra. A vítima também era portadora de diabetes.  

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde  

Esta é a primeira morte provocada pela doença fora do continente norte-americano, que concentra a maior quantidade de casos da doença, que já infectou amis 3 mil pessoas no mundo, causando mais de 50 mortes.

Não foi revelado o nome do homem nem o hospital em que ele estava internado. Segundo o jornal La Nación, tratava-se de um paciente do Hospital Calderón Guardia, da capital San José. O diário afirma que a vítima tinha a profissão de músico. A influenza A (H1N1), até então conhecida como gripe suína, foi rebatizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Costa Rica influenza A(H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.