Tânia Rego/Agência Brasil
Tânia Rego/Agência Brasil

Marcelo Crivella vai cobrar planos de saúde

Prefeito do Rio de Janeiro estuda a possibilidade de que prestadoras paguem parte de suas dívidas com exames e consultas

Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

03 Janeiro 2017 | 03h00

RIO - A prefeitura do Rio estuda a possibilidade de que prestadoras de plano de saúde paguem parte de suas dívidas com o município com a prestação de consultas e exames à população. O prefeito Marcelo Crivella (PRB) declarou nesta segunda-feira, 2, que espera conseguir melhorar o atendimento público de saúde por meio de parcerias público-privadas, mas também com o recebimento de dívidas de planos de saúde com a prefeitura, que hoje estariam em R$ 500 milhões.

“Chegou a hora de chamar o Ministério Público, chamar o Tribunal de Contas, e fazer um acerto de contas”, afirmou.

Como primeiro ato de governo, Crivella fez uma doação de sangue. Cercado pela imprensa, foi ao Hemorio com a família, secretários municipais e apoiadores. “Uma cidade é tão desenvolvida quanto o seu nível de solidariedade”, disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.