Cumbica terá alerta em inglês contra Ebola nos próximos dias, diz empresa

Ministério da Saúde e Anvisa são os responsáveis pelo texto, que recomenda ao passageiro com sintomas procurar atendimento 

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

11 de agosto de 2014 | 21h24

SÃO PAULO - A mensagem de alerta sobre os riscos de Ebola continua sendo divulgada apenas em português no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são os responsáveis pelo texto, que recomenda ao passageiro procurar atendimento médico e comunicar ao profissional de saúde os países em que esteve nas últimas semanas, caso apresente algum sintoma da doença.

No domingo, a GRU Airport, que administra o aeroporto, informou que só havia recebido o texto em português. Nesta segunda, 11, afirmou que a versão em inglês foi solicitada a uma produtora no fim de semana e deve estar disponível nos próximos dias. A Anvisa também foi procurada, por e-mail e telefone, mas não respondeu. Dos cinco países africanos com voo direto para Cumbica, o português é falado só em Angola. Nesta segunda, quatro aviões da África chegaram em Guarulhos. São 23 pousos por semana. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.