Graham Stuart/AFP
Graham Stuart/AFP

'De vez em quando é bom estar certo', diz Higgs

Cientista britânico começou em 1964 a busca pela partícula que pode explicar a origem do universo

AFP

06 Julho 2012 | 12h42

Peter Higgs, o cientista britânico que havia previsto a existência de uma partícula que é fundamental para a formação do universo - e que possivelmente foi descoberta recentemente, disse nesta sexta-feira, 6, que "é bom estar certo de vez em quando".

 

Higgs concedeu uma entrevista coletiva na Universidade de Edimburgo, na Escócia, dois dias depois de o Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern) anunciar em Genebra a descoberta de uma partícula que poderia ser o tão buscado bóson de Higgs, considerada a chave para entender a estrutura fundamental da matéria.

 

O anúncio foi feito quase 50 anos depois de o britânico ter publicado, em 1964, seu primeiro trabalho sobre o hipotético bóson. "É muito bom ter razão de vez em quando. Esperamos por muito tempo por isso", disse Higgs, agora com 83 anos.

 

A descoberta deve render-lhe o prêmio Nobel da Física, avaliam analistas, mas Higgs mostrou-se modesto e comentou as afirmações com humor. "Não sei, não tenho amigos no comitê Nobel", brincou ele quando questionado sobre o título. "O único problema agora vai ser evitar a imprensa", concluiu com ironia o cientista. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.