EPITACIO PESSOA/AE
EPITACIO PESSOA/AE

Dengue pode ser causa de mais três mortes no interior de São Paulo

Vítimas foram uma adolescente de 14 anos e um homem de 45 em Limeira, na região de Campinas

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

03 Março 2015 | 19h48

SOROCABA - A dengue pode ter causado mais três mortes no interior do Estado de São Paulo, elevando para ao menos 56 os óbitos com suspeita da doença. Dois novos casos ocorreram em Limeira, região de Campinas, e foram confirmados pela prefeitura nesta segunda-feira, 2, quando uma adolescente de 14 anos morreu no Hospital Humanitário. 

No outro caso, um paciente de 45 anos morreu no Hospital Frei Galvão, elevando para quatro as mortes suspeitas na cidade. As vítimas tinham diagnóstico da doença, mas é necessário que a causa da morte seja confirmada por exame em laboratório oficial.

Em Guararapes, na região nordeste do Estado, uma idosa de 71 anos morreu na noite de domingo, 1º, após uma semana internada na Santa Casa de Araçatuba. Ela havia sido internada com dengue.

O município registra 2,1 mil casos da doença e tem seis mortes por dengue, sendo quadro já confirmadas. Catanduva, no norte do Estado, tem o maior número de mortes suspeitas: são 18, sendo sete confirmadas e 11 sob investigação. Em Marília houve 13 óbitos, mas apenas quatro forma confirmados. Em Sorocaba, com seis mortes suspeitas, e Penápolis com cinco, a dengue atingiu nível epidêmico.

Mais conteúdo sobre:
Dengue São Paulo Limeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.