Efe/Divulgação
Efe/Divulgação

Descoberta estátua do faraó Amenhotep III, avô de Tutancamôn em Luxor

Arqueólogos também encontraram 160 peças que compõem um quadro compacto de nove metros de altura

Efe

31 Maio 2011 | 14h54

Cairo - Uma grande estátua do faraó Amenhotep III (1352-1390 a.C.), pai de Aquenaton e avô de Tutancâmon, foi descoberta durante escavações em um templo funerário deste monarca em Luxor, no sul do Egito.

O Ministério de Estado para as Antiguidades anunciou nesta terça-feira em comunicado que uma delegação de arqueólogos egípcios e europeus localizou uma estátua na margem ocidental de Luxor.

A peça representa o rei sentado e vestido, com coroa e barba reais.

Os arqueólogos encontraram o corpo do faraó separado de sua cabeça em um dos corredores do templo, que foi destruído por um terremoto no período romano.

Na mesma região foram descobertas 160 peças que compõem um quadro compacto de nove metros de altura.

Este quadro tem 25 linhas de um texto escrito em hieróglifo e contém os nomes de templos construídos pelo faraó Amenhotep III.

Mais conteúdo sobre:
Amenhotep faraó Luxor antiguidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.