Descobertos três novos planetas fora do Sistema Solar

Mundos são gigantes de tamanho comparável ao de Júpiter; dois foram detectados a partir do Hemisfério Sul

Carlos Orsi, estadao.com.br

31 de outubro de 2007 | 14h55

Uma equipe de astrônomos britânicos anuncia a descoberta de três novos planetas localizados fora do Sistema Solar. O grupo, conhecido como "Wasp" ("Vespa"), sigla em inglês de Wide Angle Search for Planets  (Busca de Ângulo Aberto por Planetas), batizou os novos mundos de Wasp-3, Wasp-4 e Wasp-5. Dos três planetas, dois - Wasp-4 e Wasp-5 - foram localizados por câmeras instaladas na África do Sul.   Os novos planetas foram encontrados por meio da técnica de trânsito, na qual o equipamento detecta uma diminuição no brilho da estrela que o mundo orbita, queda provocada pela passagem do planeta pela linha de visão entre a estrela e a Terra. Wasp-4 e Wasp-5 são os dois primeiros astros descobertos no Hemisfério Sul a partir dessa técnica. Wasp-3 foi o terceiro planeta descoberto pelas instalações do Wasp nas Ilhas Canárias, no Hemisfério Norte.   Todos os três planetas cabem na categoria de "Jupíteres quentes", mundos de tamanho comparável ao de Júpiter - com mais de mil vezes o volume da Terra - e que giram muito perto de suas estrelas, o que os torna extremamente quentes e de período orbital curto. Estima-se que o trio de planetas "Wasp" tenha uma temperatura da ordem de 2.000 º C e complete uma volta ao redor de suas estrelas - o correspondente ao ano terrestre - em menos de dois dias.   Um dos cientistas envolvidos no programa,  Andrew Cameron, da Universidade St. Andrews na Escócia, diz que é improvável que esses planetas abriguem vida como a conhecemos, mas que a descoberta de mundos com massas comparáveis à de Júpiter sugere que há muitos planetas do tamanho da Terra esperando para ser descobertos, "conforme a tecnologia dos astrônomos melhora".   O satélite francês Corot, lançado em 2006, é uma iniciativa de busca por mundos semelhantes ao nosso, e conta com a participação de cientistas brasileiros. Atualmente conhecem-se mais de 200 planetas extra-solares, todos muito maiores que a Terra.   Dos três planetas anunciados nesta quarta-feira, 31, Wasp-3 fica na constelação de Lira, e está a 727 anos-luz da Terra. Tem aproximadamente o dobro da massa de Júpiter, ou 600 vezes a massa terrestre. Wasp-4 e Wasp-5 ficam na constelação da Fénix e estão a 850 e 957 anos-luz da Terra, respectivamente. Wasp-4 tem massa equivalente à de Júpiter, ou 300 vezes a massa terrestre; Wasp-5 tem uma vez e meia a massa de Júpiter, ou cerca de 450 massas terrestres.   Os três novos planetas têm raios comparáveis ao de Júpiter - são de 10% a 40% maiores. Já o maior planeta extra-solar descoberto até agora, TrES-4, localizado na constelação de Hércules, a 1.400 anos-luz da Terra, tem raio 70% maior que o do gigante do sistema Solar.   A descoberta dos três planetas foi anunciada em uma conferência internacional sobre mundos extra-solares realizada na China.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.