Descobertos vestígios do período Paleolítico em Portugal

Prefeitura da cidade de Óbidos anunciou oficialmente a descoberta de instrumentos pré-históricos

Efe

03 Agosto 2011 | 09h31

LISBOA - Instrumentos pré-históricos, entre eles, uma ferramenta de pedra conhecida como bifaz e cerâmicas de origem romana, foram descobertos recentemente no município de Óbidos, cerca de 80 quilômetros ao noroeste de Lisboa. A Prefeitura anunciou nesta terça-feira em nota oficial a descoberta das peças, que aconteceu em maio durante trabalhos de remoção de terras.

 

Nas escavações, uma equipe arqueológica identificou vários fragmentos minerais de grandes dimensões, assim como materiais de pedra, que foram datados na etapa do Paleolítico inferior. Entre estes pequenos materiais se destacam os bifaces, que são considerados as primeiras ferramentas pré-históricas e chegaram a ser incluídos na indústria Acheulense, que surgiu na África, Ásia e Europa há cerca de 1,6 milhões de anos.

 

Nas outras fossas foram encontraram pedras de pequena, média e grande dimensão atribuíveis a vestígios de construções da época do Império romano (27 a.C.- 476 d.C.), assim como algumas cerâmicas deste período. A equipe arqueológica acredita que estes objetos podem ter pertencido a um casal desta época.

Mais conteúdo sobre:
arqueologiaPortugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.