Detectado um segundo foco de gripe aviária no Japão

Variante do vírus da doença encontrado ainda não foi identificada; governo aumenta controle na região

Efe,

02 Março 2009 | 03h36

Um segundo foco de gripe aviária foi descoberto em uma fazenda de codornas da província de Aichi, no centro do Japão, depois do detectado na sexta-feira passada, informou a agência local de notícias Kyodo. Por enquanto não se informou sobre a variante de gripe aviária que foi localizada este domingo. O governo de Aichi realiza uma série de controles nas fazendas de codornas da localidade de Toyohashi, onde na sexta-feira passada foi detectado o primeiro foco de gripe aviária, da variante H7N6, considerada pouco virulenta para os humanos. Na sexta-feira o governo local ordenou o abate de 260 mil codornas e nesta segunda-feira, 2, prevê sacrificar o resto das aves da fazenda afetada. Trata-se da primeira vez desde fevereiro de 2007 que se detecta um foco de gripe aviária no Japão, que até agora nunca tinha registrado um caso da cepa H7. A variante H7 da gripe aviária afeta principalmente as aves e não se transmite facilmente para as pessoas, por isso que é considerada de baixo risco.

Mais conteúdo sobre:
Japãogripe aviária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.