Dia de combate à DPOC terá atendimento gratuito em São Paulo

Embora pouco conhecida, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica mata quatro brasileiros por hora

da Redação,

18 de novembro de 2008 | 21h01

O Dia Mundial de Combate à DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), mal que, apesar de pouco conhecido, mata quatro brasileiros por hora, vai ser marcado por atendimento à população e arte em São Paulo.  Isso porque uma escada de 4 metros de altura, decorada pelo artista plástico Walter Nomura, o Tinho, vai decorar a Praça dos Correios, lembrando a importância do tratamento da doença.  Ao mesmo tempo, das 8 às 18 horas, médicos e enfermeiros orientarão a população sobre a doença e farão avaliação pulmonar entre os que se apresentam dentro do grupo de risco - fumantes e ex-fumantes com mais de 40 anos. Ações semelhantes serão realizadas em Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Campinas e Ribeirão Preto. O evento é uma parceria entre Sociedade Brasileira e Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SBPT e SPPT), Associação Brasileira dos Portadores de DPOC e GOLD (Global Obstructive Lung Disease Initiative), com apoio dos laboratórios Boehringer Ingelheim e Pfizer. A doença Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) é a nomenclatura que classifica a bronquite crônica e o enfisema pulmonar, manifestados separadamente ou em conjunto. A enfermidade, causada principalmente pelo cigarro, não tem cura e é incapacitante.  A DPOC mata mais de 39 mil pessoas por ano no País, ou seja, quatro brasileiros por hora.  A doença apresentou ainda um crescimento de 340% nas últimas duas décadas, segundo dados da Associação Latino-Americana de Tórax (ALAT). Atualmente, a rede pública de Saúde em São Paulo e de outros estados já oferecem tratamento gratuito para a DPOC, incluindo medicamentos de última geração como o brometo de tiotrópio, desenvolvido especificamente para a doença.

Tudo o que sabemos sobre:
saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.