Diabéticos são 10 vezes mais propensos a ter gripe, diz pesquisa

Para demonstrar a ligação, analistas revisaram 24 estudos moleculares sobre enterovírus realizados em 4.448 pacientes

Efe,

04 Fevereiro 2011 | 08h03

LONDRES - Os doentes com diabetes tipo 1 teriam dez vezes mais probabilidade de contrair gripe, meningite e outras doenças derivadas do enterovírus, informa o British Medical Journal.

 

Veja também:

link Farmácia Popular oferece de graça remédios de hipertensão e diabete

link Estudo sueco investiga por que alguns diabéticos não têm complicações

 

Pesquisas feitas pelo "Instituto de Endocrinologia e Diabetes" da Austrália, existe uma forte associação entre as infecções, provocadas pelo enterovirus e o diabetes tipo 1.

 

Para demonstrar esta ligação, especialmente evidente em crianças, os analistas revisaram 24 estudos moleculares sobre enterovirus realizados em 4.448 pacientes.

 

Nas pesquisas foram medidos os níveis de ácido ribonucleico e proteína (componentes do enterovirus) no sangue dos diabéticos e pré-diabéticos para compará-los depois com pacientes que não sofrem da doença.

 

Os resultados demonstraram que as crianças com diabetes tipo 1 tinham até dez vezes mais probabilidades de infectar-se com o enterovirus, enquanto os que sofriam de pré-diabetes eram três vezes mais propensos a adoecer.

 

Estudiosos esclareceram que os resultados não são conclusivos por não terem demonstrado uma relação causa-efeito. Os analistas esclarecem que não podem descartar fatores genéticos que poderiam afetar a relação entre a infecção e o diabetes.

 

No editorial que acompanha o artigo, os professores Didier Hober e Famara Sane da Universidade de Lille explicam que "o enterovirus e o diabetes tipo 1 estão claramente relacionados, mas o mecanismo está ainda para ser descoberto".

 

Os estudiosos concluem: "se ficar provado esta associação, poderiam desenvolver-se estratégias terapêuticas e preventivas para combater a doença".

Mais conteúdo sobre:
diabete gripe

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.