Dieta dos astronautas russos na ISS custa R$ 820 ao dia

A ração diária dos tripulantes rssos da Estação Espacial Internacional inclui quatro refeições

EFE, EFE

21 Outubro 2010 | 16h05

O custo da ração diária de um cosmonauta, ou astronauta russo, a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) aumentou 30% desde o ano passado e chegou a 350 euros, ou cerca de R$ 820, informa o Instituto de Pesquisas Científicas para Indústria e Alimentos Concentrados e Tecnologia Alimentar Espacial da Rússia.

 

"Se no ano passado o preço da ração diária de cada cosmonauta era de cerca de 11.000 rublos, agora é de quase 15.000 rublos", disse Victor Dobrovolski, diretor do instituto e responsável por confeccionar o menu dos tripulantes russos da ISS.

 

O aumento está ligado à inflação, ao aumento do custo das matérias-primas e ao aumento do preço das análises do material.

 

O valor corresponde à elaboração dos pratos com produtos dentro de normas sanitárias rigorosas, e não inclui o custo do transporte até o espaço. A ração diária inclui quatro refeições.

 

O menu se repete a cada oito dias, mas espera-se que a partir de 2011 os pratos só voltem a se repetir a intervalos de 16 dias.

Mais conteúdo sobre:
espaço estação espacial cosmonauta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.