Governo de SP
Governo de SP

Dobra número de municípios beneficiados com destinação de recursos a Santas Casas em SP

Em vez de 122, número de cidades atendidas passará a ser de 256. Expansão será implementada já a partir do início do mês de outubro e faz parte do programa Mais Santas Casas

Ítalo Lo Re, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2021 | 18h17

SÃO PAULO - O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 30, que irá dobrar a quantidade de municípios beneficiados com a destinação de recursos a Santas Casas e hospitais filantrópicos. Em vez de 122, o número de cidades atendidas passará a ser de 256. A expansão será implementada já a partir do início do mês de outubro e faz parte do programa Mais Santas Casas, lançado em evento realizado nesta quinta.

O governo paulista informou que o projeto terá investimento anual de R$ 1,2 bilhão, o que representa um salto de cerca de R$ 240 milhões em relação ao valor investido até então, que era de R$ 960 milhões.

“Os recursos vieram do orçamento do governo do Estado de São Paulo, orçamento esse que foi viabilizado pela reforma administrativa que nós fizemos”, disse o governador João Doria, reforçando a importância do projeto.

“Nós pedimos para as pessoas ‘fiquem em casa’ enquanto nós preparamos a Saúde (para combater a covid). Elas ficaram. Hoje nós temos a obrigação de atendê-las”, afirmou o secretário da Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn.

Segundo ele, os programas que existiam até então, como Pro Santa Casa, Santa Casa Nacional e Santa Casa Sustentável, conseguiam destinar recursos a 130 de hospitais de 122 municípios. “Muitas Santas Casas recebiam um valor baixo, que respeitava o teto daquilo que era dado por recursos federais”, explicou.

Com o Mais Santas Casas, o total de hospitais beneficiados passará a ser de 333, atingindo um total de 256 das 645 cidades do Estado e ampliando o atendimento médico. Para determinar os investimentos, foram estabelecidos critérios voltados às características dos hospitais, explicou o secretário da Saúde.

Participaram do lançamento mais de 130 prefeitos do Estado e mais de 40 parlamentares. Estiveram presentes também  vice-governador Rodrigo Garcia, o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e a primeira-dama Bia Doria.

Energia fotovoltaica em Santas Casas

Durante o evento, o governador João Doria anunciou ainda que a gestão estadual viabilizou R$ 300 milhões adicionais para financiar sistemas fotovoltaicos em Santas Casas do Estado. “Isso significa uma economia de até 90% na conta de luz e um comportamento adequado, ambientalmente responsável”, disse o governador, explicando que a medida também terá implementação imediata.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.