Doença transmitida por carrapatos mata pelo menos 26 na China

Marioria das vítimas da Anaplasmose Granulocítica Humana (HGA) tem entre 40 e 70 anos

Efe

10 Setembro 2010 | 12h21

PEQUIM - Pelo menos 26 pessoas morreram em duas províncias da China vítimas da Anaplasmose Granulocítica Humana (HGA), doença transmitida por carrapatos, informou a agência oficial "Xinhua".

 

Em meados desta semana, as autoridades sanitárias da província de Henan (centro do país) anunciaram a morte de 18 pessoas pela doença.

 

 

Após a publicação da informação, outra divisão administrativa, Shandong (leste), acrescentou outras oito mortes.

 

Desde 2007, Henan registrou 557 casos desta doença, que é curável se tratada com rapidez, enquanto em Shandong foram 156. A maioria dos doentes foi contagiada por picadas de carrapatos.

 

A HGA reduz o número de glóbulos brancos e plaquetas no sangue, o que pode provocar deficiências nos órgãos e morte nos casos mais graves.

 

Esta doença também pode ser transmitida a pessoas que estão em contato direto com pessoas contaminadas que não tomam precauções necessárias.

 

A maioria dos afetados tem entre 40 e 70 anos, segundo as fontes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.