Nasa/AP
Nasa/AP

Dois astronautas iniciam jornada de trabalho fora da ISS

Objetivo da caminha espacial é transferir uma bomba de amoníaco da ISS para o Atlantis

Efe

12 Julho 2011 | 12h01

Washington - Os astronautas Mike Fossum e Ron Garan, residentes na Estação Espacial Internacional (ISS), iniciaram nesta terça-feira a única jornada de trabalhos extraveiculares programada durante a última missão do ônibus espacial Atlantis, informou a Nasa.

A agência espacial americana indicou que Fossum e Ron saíram à caminhada espacial às 10h22 do horário de Brasília do compartimento Quest, onde por uma hora e meia tinham permanecido respirando oxigênio puro enquanto se diminuía a pressão dentro do local.

A preparação para a saída incluiu 50 minutos de exercícios, depois que os astronautas vestissem os uniformes de trabalho exterior, a fim de elevar o ritmo do metabolismo e purificar o fluxo sanguíneo de nitrogênio.

Durante a jornada, de seis horas de trabalhos exteriores, Fossum e Garan transferirão ao compartimento de carga do Atlantis uma bomba de amoníaco do sistema de esfriamento da ISS.

A estação é um complexo orbital de US$ 100 bilhões no qual cooperam 16 nações, que orbita cerca de 385 quilômetros da Terra e a uma velocidade de 27 mil km/h.

Depois os astronautas tirarão do Atlantis um mecanismo experimental para o reabastecimento mecânico de combustível a satélite e o instalarão na ISS.

A Nasa decidiu estender por mais um dia a última missão do ônibus espacial, de modo que o Atlantis, com seus quatro tripulantes a bordo, retornará à Terra no dia 21 de julho.

A decisão foi tomada para dar tempo adicional para o percurso do Atlantis à ISS que servirá para abastecer os astronautas de comida por quase um ano.

Em sua missão final o Atlantis transportou 4.318 quilos de equipamento e provisões que permitirão que a ISS continue operando durante 2012.

Mais conteúdo sobre:
Atlantis ISS Nasa caminhada espacial

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.