Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo

Doria diz que cronograma de vacinação pode ser antecipado em SP

Segundo governador, nova alteração será discutida em reunião na próxima quinta-feira

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

29 de junho de 2021 | 13h48
Atualizado 29 de junho de 2021 | 20h02

 

SÃO PAULO - A possibilidade de uma nova antecipação do cronograma de vacinação contra a covid-19 para a população com mais de 18 anos no Estado de São Paulo será discutida na próxima quinta-feira, 1º, por membros do Programa Estadual de Imunizações (PEI) e de secretarias estaduais. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 29, pelo governador João Doria (PSDB), durante evento em que apresentou um auxílio de R$ 300 para pessoas em situação de vulnerabilidade que perderam parentes para o vírus.

Segundo Doria, a antecipação será avaliada por causa da chegada de lotes do imunizante da Janssen, de dose única. No último dia 22, 1,5 milhão de doses da vacina chegaram ao Brasil.

O governador informou ainda que mais doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, vão chegar na noite desta terça-feira.

"Hoje, vamos receber mais 1 milhão de doses, já em monodoses, da vacina do Butantan e o encaminhamento será feito ainda hoje para a central de logística do Ministério da Saúde. Este é um adicional àquilo que tínhamos programado", disse o governador. "Outra notícia veio do Ministério da Saúde em relação à vacina da Janssen. Diante desta boa notícia, é possível que possamos antecipar o processo de  vacinação no Estado de São Paulo."

Para Entender

Vacinação contra covid: veja calendário atualizado em SP, Rio, Brasília, BH e outras 16 cidades

Saiba também quem pode receber a vacina hoje contra o coronavírus em Curitiba, Campinas, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza, Recife, Santo André, Goiânia, Osasco, Florianópolis, Campo Grande, Manaus, Betim, Belém, Natal e São José dos Campos

Ele disse que a definição será realizada em reunião que vai avaliar as doses disponíveis para o Estado. "Vamos ter, porém, essa confirmação na nossa reunião do Programa Estadual de Imunizações que acontece nesta quinta-feira. São 42 pessoas de diversas secretarias, sob liderança da Secretaria de Saúde, e temos todos os dados oficiais do Ministério da Saúde em relação à chegada das vacinas e também do governo de São Paulo sobre Coronavac, chegada de mais insumos e vacinas."

No último dia 13, Doria apresentou a terceira alteração no cronograma de vacinação da população adulta do Estado, com previsão de conclusão da imunização em 15 de setembro. Na ocasião, o calendário foi antecipado em 30 dias.

Na capital, a população com 44 e 45 anos está sendo vacinada nesta terça-feira. Nesta quarta e na quinta-feira, serão imunizadas as pessoas com 42 e 43 anos. A repescagem de 42 a 46 anos será na sexta-feira. Na semada passada, postos de vacinação da capital paulista registraram falta de doses.

Sindicato dos Jornalistas cobra esclarecimentos após aglomeração em evento

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo informou ter cobrado do governo esclarecimentos após a aglomeração durante a coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira. "Segundo relato de profissionais de imprensa de diversos veículos, o anúncio do programa 'São Paulo Acolhe' pelo governador João Doria (PSDB) reuniu centenas de pessoas, em local fechado, sem possibilidade de manter o distanciamento. Estiveram presentes, sem realização de testagem, prefeitos, assessores e outros políticos de diversas partes do Estado, os quais chegaram a ocupar o espaço reservado para as equipes de reportagem."

Em nota, a Secretaria de Comunicação do governo informou ao sindicato que “houve um fluxo de pessoas maior do que o previsto”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.