Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Doria diz que quadro é 'dramático' e que anunciará medidas adicionais contra avanço da covid em SP

Governador afirma que Centro de Contingência está reunido nesta manhã e que anúncio será feito em coletiva às 12h45

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

17 de março de 2021 | 10h52

   

SÃO PAULO - O governador João Doria (PSDB) classificou o cenário de disseminação do novo coronavírus no País e no Estado de São Paulo como "dramático" e informou que novas medidas para tentar controlar as infecções pelo vírus devem ser anunciadas nesta quarta-feira, 17.

A declaração foi dada no Instituto Butantan durante a liberação de mais 2 milhões de doses da vacina contra a covid-19 para o Programa Nacional de Imunizações (PNI) nesta manhã.

Segundo Doria, o Centro de Contingência está em reunião prevista para terminar por volta das 11 horas e que as medidas devem ser anunciadas na coletiva às 12h45.

"Anunciaremos as medidas adicionais, que, certamente, terão de ser adotadas. Estamos diante de um quadro gravíssimo, dramático, não apenas em São Paulo, mas em todo o Brasil. São Paulo, com a orientação do Centro de Contingência da covid-19, adotará novas medidas a partir dessa decisão."

Vacina do Butantan

De acordo com o governador, mais de 5 milhões de doses da Coronavac foram repassadas ao Ministério da Saúde apenas nesta semana e, até o momento, 22,6 milhões de doses já foram distribuídas. A meta é entregar 46 milhões de doses até abril.

Para Entender

Como funciona a Coronavac

Coronavac é produzida com vírus inativados do novo coronavírus (Sars-CoV-2), que induziriam o sistema imunológico a produzir anticorpos contra a doença

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.