Kin Cheung/AP Photo
Kin Cheung/AP Photo

Doze países já registraram transmissão interna de coronavírus; mortes na China sobem para 564

Em todo o mundo, número de infectados já passa dos 28 mil; Bélgica entra para a lista de nações com casos confirmados

Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2020 | 21h20

SÃO PAULO - Já são 12 os países com ao menos um caso de transmissão interna de coronavírus, segundo o mais recente boletim da Organização Mundial da Saúde (OMS). Tal classificação é dada quando um paciente é infectado mesmo sem ter viajado à China, local de origem do surto e onde estão concentrados 99% dos casos.

A situação gera preocupação porque é um dos primeiros sinais de que o vírus começa a se propagar para outras partes do mundo, elevando o risco de surto global. Na semana passada, quando a OMS declarou emergência em saúde pública de interesse internacional, o registro dos primeiros casos de transmissão fora da China foi usado como principal argumento para o alerta. Na ocasião, eram apenas quatro países com esse tipo de notificação. Em uma semana, portanto, o número de nações com contaminação interna triplicou.

Na China, o número de mortes pelo novo coronavírus saltou para 564 nesta quarta, segundo dados divulgados pela TV estatal chinesa. Em apenas 24 horas, desde o último balanço, 70 novos óbitos foram confirmados na província de Hubei, epicentro do surto. O boletim também informa que 28 mil pessoas já foram infectadas no país asiático.

No resto do mundo, são 24 países com casos confirmados. O mais recente a entrar para essa lista foi a Bélgica. De acordo com boletim da OMS, foram 32 novos registros da doença entre terça e quarta-feira, o que elevou para 191 o número de pacientes infectados fora da China.

Entre os 24 países com casos confirmados, os 12 que já registraram transmissão interna são: Japão, com 13 casos de infecção em cidadãos sem histórico de viagem à China, Alemanha (10 casos), Coreia do Sul (7), Tailândia (5), Cingapura (4), Vietnã (3), Malásia (2), Estados Unidos (2), Canadá (1), França (1), Espanha (1) e Reino Unido (1).

O Japão, cuja capital, Tóquio, será a sede dos Jogos Olímpicos de 2020, é também o país com mais casos de novo coronavírus confirmados depois da China. Somando os casos importados aos transmitidos internamente, já são 33 doentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.