e-saúdeSP informa paulistanos sobre a vacinação
Conteúdo Patrocinado

e-saúdeSP informa paulistanos sobre a vacinação

Iniciativa da Prefeitura de São Paulo, aplicativo integra dados sobre novos grupos a serem vacinados e permite acompanhar a fila nos postos

Prefeitura de São Paulo, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

30 de julho de 2021 | 07h30

Durante a pandemia da covid-19, a inovação tecnológica tem sido um importante recurso para o enfrentamento da doença. Na cidade de São Paulo, os paulistanos podem contar com o aplicativo e-saúdeSP, da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de São Paulo. O app já alcançou a marca de mais de 2 milhões de acessos e 441 mil usuários cadastrados. Destinado inicialmente à triagem e à orientação de pacientes com suspeita de covid-19, a plataforma ganhou novas funções e ferramentas.

Por meio do aplicativo, além de acesso a informações básicas sobre a doença, o usuário pode informar seus sintomas e dúvidas, que são analisados por médicos e enfermeiros. Na sequência, ele recebe uma mensagem de retorno com orientações para o seu caso específico. Caso seja necessário, um profissional de saúde realiza uma teleconsulta com o paciente e pode enviar uma receita médica pela plataforma ou encaminhá-lo para uma unidade de saúde para avaliação presencial.

Mais do que agilizar o diagnóstico do usuário, o app também passou a reunir todo o histórico dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) na capital paulista, disponibilizando dados sobre consultas, receitas e exames laboratoriais e de imagem realizados. Assim, a ferramenta possibilita a portabilidade dos dados clínicos e informações de saúde.

Já o Módulo “Vacina Sampa” traz as atualizações dos grupos que já podem ser vacinados contra a covid-19 e os locais de imunização. É possível, ainda, buscar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) mais próximas do endereço do usuário.

Renilson de Souza Brito, 37 anos, técnico em segurança do trabalho, conta que usou o aplicativo para acompanhar o calendário de imunização. “Foi muito rápido baixar e fazer o cadastro. Gostei muito do app, principalmente da facilidade de acesso e de ver minha carteira de vacinação e as datas de imunização.”

Outra usuária que aprovou o e-saúdeSP foi a analista de recursos humanos Bruna Basso Coelho, 24 anos. “Vi na internet que o aplicativo estava com informações em primeira mão sobre o vírus, a vacinação, os postos de imunização, etc. e resolvi baixar. Foi a melhor coisa que fiz”, afirma ela, que já cadastrou também doenças e alergias.

Bruna destaca que o app foi um facilitador na hora da imunização. “Tenho asma crônica, então já me vacinei. Fiquei sabendo direto pelo app em que dia começaria a aplicação e quais documentos precisaria levar. Mas, chegando no local de vacinação, percebi que tinha esquecido minha carteirinha do SUS. Em vez de imprimir outra na UBS, pude utilizar a versão digital, o que foi muito rápido e prático.”

O e-saúdeSP é uma das ações do programa Avança Saúde, que tem o objetivo de ampliar a oferta, melhorar as condições de acesso e aprimorar a qualidade dos serviços do SUS para a população da cidade de São Paulo. O aplicativo está disponível para dispositivos Android e iOS e em versão web.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.