Ejaculações diárias melhoram qualidade de esperma, diz estudo

Para pesquisa, abstenção sexual pode resultar em espermas de má qualidade.

BBC Brasil, BBC

16 de outubro de 2007 | 09h10

Homens com problemas de fertilidade deveriam fazer sexo todos os dias para aumentar as chances de engravidar as parceiras, apontou um estudo realizado por pesquisadores australianos. A descoberta contraria estudos anteriores, que defendem que casais com dificuldades de engravidar devem se abster de sexo durante vários dias para aumentar a quantidade de espermas antes de tentar a concepção.Mas de acordo com uma equipe de cientistas da Universidade de Sidney, a abstenção sexual pode resultar em espermatozóides de má qualidade.Os pesquisadores analisaram 42 homens cujos espermas tinham uma forma anormal quando observados em microscópio.Inicialmente, os estudiosos pediram aos voluntários que ejaculassem diariamente durante sete dias e compararam esses espermas com amostras colhidas depois de três dias de abstinência. Os pesquisadores constataram que, dos 42 participantes, 37 apresentaram espermas menos deformados ao ejacularem diariamente.O líder da pesquisa, David Greening, apresentou os detalhes do estudo durante a conferência anual da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva. Greening explicou que os espermas acumulados durante dias apresentaram mais deformações porque teriam ficado expostos a radicais livres durante o tempo em que ficaram estocados nos epidídimos, pequenos canais estreitos localizados nos testículos. "Os resultados deste estudo piloto mostram que aumentar o número de ejaculações pode reduzir as deformações dos espermas, supostamente por reduzir o tempo em que ficam expostos aos radicais livres".Para Allen Pacey, secretário da Sociedade Britânica de Fertilidade, "a abstinência do sexo resulta numa maior quantidade de espermas, mas prejudica a qualidade"."Esta pesquisa mostra que ao colocar os homens num regime de ejaculação diária, é possível reduzir as deformações dos espermas".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.