Empresa diz que vacina para câncer de próstata é promissora

Companhia americana diz que a vacina Provenge se saiu nelhor que um placebo em estudo com 512 homens

Associated Press,

14 Abril 2009 | 13h39

O fabricante de um tratamento experimental para câncer de próstata informa que a vacina atingiu uma importante meta em um estudo avançado.

 

A Dendreon Corp., baseada em Seattle (EUA), disse nesta terça-feira, 14, que sua vacina Provenge melhorou a chance de sobrevivência dos pacientes em comparação com um tratamento inócuo, num estudo envolvendo 512 homens. O tratamento é o primeiro contra a doença a apelar para o sistema imunológico humano.

 

O estudo vem sendo acompanhado de perto por observadores. Conselheiros da Administração de Drogas e Alimentos (FDA) dos EUA já recomendaram a aprovação da vacina, mas a FDA pediu mais dados antes de tomar uma decisão.

Mais conteúdo sobre:
câncer próstata vacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.