Empresas afirmam sempre participar das licitações

O Estado conseguiu falar com 9 das 14 empresas que estão sendo processadas pelo Ministério Público Federal pelo descumprimento da legislação federal que determina a venda de medicamentos para o governo com desconto de cerca de 25%.  As farmacêuticas Merck, Abbott, EMS/Sigma Farma, Novartis, GlaxoSmithKline, Baldacci, Aché e Biosintética (que pertence à Aché), além da multinacional Procter & Gamble, informaram que ainda não foram notificadas oficialmente sobre a existência da ação judicial e, por isso, não poderiam dar mais detalhes sobre o caso específico. Mas, basicamente, todas elas alegaram que costumam participar dos pregões eletrônicos abertos pelo governo do Estado, disseram que têm interesse em vender para o governo e afirmaram que seguem rigorosamente a legislação que regulamenta o porcentual de desconto às vendas.  A reportagem do Estado também tentou contato com as quatro distribuidoras de medicamentos, que também são rés na ação, mas não obteve resposta de nenhuma delas./Fernanda Bassette 

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.